MUDAM-SE OS TEMPOS, MUDAM-SE AS VONTADES

13528853_10207968701749717_6636333071223695831_n

“Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o Mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.
Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.(…)”

Luiz Vaz de Camões
Ilustração: @rte de Vladimir Fedotko*
Via Anabela de Araujo

NÃO CANSE QUEM TE QUER BEM

Foi durante o programa Saia Justa que a atriz Camila Morgado, discutindo sobre a chatice dos outros (e a nossa própria), lançou a frase: “Não canse quem te quer bem”. Diz ela que ouviu isso em algum lugar, mas enquanto não consegue lembrar a fonte, dou a ela a posse provisória desse achado.

Não canse quem te quer bem. Ah, se conseguíssemos manter sob controle nosso ímpeto de apoquentar. Mas não. Uns mais, outros menos, todos passam do limite na arte de encher os tubos. Ou contando uma história que não acaba nunca, ou pior: contando uma história que não acaba nunca cujos protagonistas ninguém jamais ouviu falar. Deveria ser crime inafiançável ficar contando longos casos sobre gente que não conhecemos e por quem não temos o menor interesse. Se for história de doença, então, cadeira elétrica.

Não canse quem te quer bem. Evite repetir sempre a mesma queixa. Desabafar com amigos, ok. Pedir conselho, ok também, é uma demonstração de carinho e confiança. Agora, ficar anos alugando os ouvidos alheios com as mesmas reclamações, dá licença. Troque o disco. Seus amigos gostam tanto de você, merecem saber que você é capaz de diversificar suas lamúrias.

Não canse quem te quer bem. Garçons foram treinados para te querer bem. Então não peça para trocar todos os ingredientes do risoto que você solicitou – escolha uma pizza e fim.

Seu namorado te quer muito bem. Não o obrigue a esperar pelos 20 vestidos que você vai experimentar antes de sair – pense antes no que vai usar. E discutir a relação, só uma vez por ano, se não houver outra saída.

Sua namorada também te quer muito bem. Não a amole pedindo para ela explicar de onde conhece aquele rapaz que cumprimentou na saída do cinema. Ciúme toda hora, por qualquer bobagem, é esgotante.

Não canse quem te quer bem. Não peça dinheiro emprestado pra quem vai ficar constrangido em negar. Não exija uma dedicatória especial só porque você é parente do autor do livro. E não exagere ao mostrar fotografias. Se o local que você visitou é realmente incrível, mostre três, quatro no máximo. Na verdade, fotografia a gente só mostra pra mãe e para aqueles que também aparecem na foto.

Não canse quem te quer bem. Não faça seus filhos demonstrarem dotes artísticos (cantar, dançar, tocar violão) na frente das visitas. Por amor a eles e pelas visitas.
Implicâncias quase sempre são demonstrações de afeto. Você não implica com quem te esnoba, apenas com quem possui laços fraternos. Se um amigo é barrigudo, será sobre a barriga dele que faremos piada. Se temos uma amiga que sempre chega atrasada, o atraso dela será brindado com sarcasmo. Se nosso filho é cabeludo, “quando é que tu vai cortar esse cabelo, garoto?” será a pergunta que faremos de segunda a domingo. Implicar é uma maneira de confirmar a intimidade. Mas os íntimos poderiam se elogiar, pra variar.

Não canse quem te quer bem. Se não consegue resistir a dar uma chateada, seja mala com pessoas que não te conhecem. Só esses poderão se afastar, cortar o assunto, te dar um chega pra lá. Quem te quer bem vai te ouvir até o fim e ainda vai fazer de conta que está se divertindo. Coitado. Prive-o desse infortúnio. Ele não tem culpa de gostar de você.
Martha Medeiros
bn5ez9ir_thumb.gif

POEMINHA DE NATAL

maria-e-o-menino

Desde os tempos mais remotos
Diziam as profecias
Que viria a este mundo
O esperado Messias.

Num pequeno povoado,
Lá longe, no Oriente,
Por um anjo anunciado
Ele estaria com a gente.

A jovem abençoada,
Que se chamava Maria
Foi então a escolhida
Pra nos dar essa alegria.

Fruto do amor divino,
Nasceu num rastro de luz
Esse lindo Deus-menino
A quem se chamou Jesus.

Ele veio pra mostrar
O Seu exemplo ao mundo:
Da humildade, do perdão
E do amor mais profundo.

Nesta época de Natal
Vamos celebrar bastante,
Mas nos lembrarmos primeiro
Do Aniversariante!
Quem nos guia, nos conduz…
Parabéns, Menino Jesus!!

©Oriza Martins

O Natal faz a gente aproximar distâncias e cruzar fronteiras.
Amigos, que o Natal seja um símbolo de Amor e Paz no coração de todos!

 

 

 

QUEM É ELE ?

natal_cristao

Ele é …
Alegria,
Pra lhe fazer sorrir
Esperança
Pra lhe fazer acreditar

Ele é
Puro amor,
Pra ensinar a amar
É luz,
Pra sua vida iluminar

Ele é …
Canto,
Pra lhe fazer dançar
É estrela
Que lhe faz brilhar
É Jesus
Que ao seu lado
Sempre está,
Nasceu pra lhe salvar !

( Sirlei L. Passolongo )

O SENADO BRASILEIRO DESTITUIU DILMA ROUSSEFF

1254540-presidente-bresil-dilma-rousseff-ete

BRASILIA (Reuters) – Le Sénat brésilien s’est prononcé mercredi en faveur de la destitution de Rousseff, qui n’a pas renoncé à se battre pour conserver son poste.

O Senado brasileiro votou quarta-feira em favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff, que não tinha desistido de lutar para manter seu cargo.

EL PAÍS :

O afastamento definitivo de Dilma Rousseff da Presidência da República é sem dúvida o capítulo mais vergonhoso da história política brasileira. Acusada de praticar uma manobra contábil, as chamadas “pedaladas fiscais”, contra ela não foram levantadas quaisquer suspeitas de enriquecimento ilícito ou aproveitamento do cargo em benefício próprio, ainda que sua vida, privada e pública, tenha sido vasculhada com lupa por seus adversários. Se ela cometeu crime de responsabilidade, também o fizeram e deveriam perder o cargo 16 dos 27 atuais governadores, que usaram o mesmo artifício para fechar as contas em seus estados.

Com uma coragem e altivez poucas vezes vistas na política brasileira, a presidente Dilma Rousseff enfrentou 14 horas de interrogatório nas dependências do Senado. Inutilmente, ela sabia, porque o resultado daquela farsa já havia sido decidido muito antes, nos bastidores, envolvendo as mais inconfessáveis negociações. Sentada em frente ao presidente do STF, Ricardo Lewandowski, Dilma não enfrentava somente o rancor da elite contrariada, mas também todos os preconceitos existentes contra as mulheres, principalmente aquelas que não aceitam submeter-se ao poder patriarcal.

Blindada por uma força extraordinária, Dilma ousava afirmar que, como ser humano passível de equívocos, errou algumas vezes durante o exercício de seu mandato. Assentada em utopias, Dilma ousava afirmar que continua acreditando na luta por um Brasil mais justo. Somos medíocres, não atrevemos sonhar; somos hipócritas, não admitimos assumir nossas falhas. Cassar arbitrariamente o mandato da presidente Dilma Rousseff significou um ato de cinismo covarde contra o desejo manifestado nas urnas por 54.501.118 brasileiros. A isso se chama golpe de estado.

LE MONDE :

“Se esse não é um golpe de Estado, é no mínimo uma farsa. E as verdadeiras vítimas dessa tragicomédia política infelizmente são os brasileiros.”

Humberto Costa on Instagram:
14072778_711661245648613_128058183_n

 

C’ÉTAIT GÉNIAL ET MODESTE À LA FOIS

Les Brésiliens étaient bien loin du gigantisme des cérémonies de Pékin ou des acrobaties de James Bond à la cérémonie de Londres.
Mais ils ont passé leur message avec panache et originalité.
Encore une fois, ils ont savamment exploité la «gambiarra». C’est l’expression qu’ils utilisent pour dire qu’ils sont capables de faire de grandes choses avec presque rien.
Pendant que la famille olympique célébrait à l’intérieur du mythique stade de Maracana, des milliers de soldats et de policiers équipés de blindés et de matraques faisaient le guet dans les rues avoisinantes.
Et un peu plus loin, à Copacabana, des milliers de citoyens écœurés dénonçaient la corruption de leur gouvernement.
Des deux côtés des barricades, le message était le même. Les Brésiliens veulent que le monde change.
En attendant, les Jeux de Rio sont officiellement ouverts.
Un texte de Martin Leclerc
Photo de Rogério
Santana

Tradução

“Foi muito bom e modesto ao mesmo tempo.”

Os brasileiros estavam longe do tamanho gigantesco das cerimônias de Beijing ou as acrobacias de James Bond na cerimônia de Londres.
Mas eles passaram a sua mensagem com brio e originalidade.
Uma vez mais, eles exploraram habilmente o “GÂMBIARRA” . É a expressão que eles usam para dizer que são capazes de fazer coisas grandes com quase nada.
Enquanto a família Olímpica celebrava dentro do Estádio do Maracanã, milhares de soldados e policiais equipados com carros blindados e cassetetes vigiavam nas ruas próximas.
E um pouco mais longe , em Copacabana, milhares de cidadãos denunciam a corrupção de seu governo.
Nos dois lados da barricada, a mensagem era a mesma. Brasileiros querem que o mundo mude.
Enquanto isso, os Jogos do Rio estão oficialmente abertos.

Cerimônia-de-Abertura-da-Rio-2016-Foto-de-Rogério-Santana-885x565