SABOR DA SAUDADE

Oriza Martins

Como definir o sabor da saudade ?…

0803160844122646129

 

 

Um misto de alegria…tristeza…melancolia,
Lembranças de um passado que o tempo absorveu…
Róseas sombras de emoções, envoltas em nostalgia,
Que quem sentiu de verdade…nunca, jamais, esqueceu…

É tudo aquilo que fica daquilo que não ficou,
Um gosto contraditório de infindas evocações,
O amargo-doce fruto que lentamente brotou,
Da árvore de nossa vida, no jardim das ilusões.

Evocar entes queridos ou uma meiga amizade,
Leves brisas de amores, sua presença e perfume,
E também casos intensos- tudo acaba em saudade-,
Até o tempero pesado de uma cena de ciúme.

Do inferno ao paraíso, na saudade, a gente vaga,
Viagem indefinível, sabor de recordações,
Em brasas adormecidas que o destino não apaga,
E que agitam, por vezes, cinzas de antigas paixões…

Se arrepios pelo corpo ou delírios pela alma,
É o que a saudade nos causa- seja ou não definida-,
Uma certeza nos fica e a ansiedade acalma:
Saudade a gente sente das boas coisas da vida…

Anúncios

Uma resposta em “SABOR DA SAUDADE

  1. A saúdade ,palavra tão Portuguêsa!!!!!!
    é verdade minha amiga ha quanto tempo? Maria Ribeiro!!!!!!
    O teu trabalho está lindo!!!!!!!
    Eu ainda não entendo nada do meu, esteve fechado fiquei apenas com comentários, vou tentar descobrir aos poucos se consigo voltar á normalidade: O problema é a lingua.
    Gostei muito de entrar aqui beijnhos Maria Mendes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s