NOVO MUNDO

Quem  batizou a América ? Américo Vespúcio ou Colombo ?

NOVO_MUNDO_1241145314P Levando-se em consideração que o “Novo Mundo” foi descoberto por Colombo em 1492, por que recebeu o nome de América ? Por que a homenagem foi para Américo Vespúcio e não Colombo ? Deveria a América se chamar Colômbia ?

Um verdadeiro erro histórico, que infelizmente não foi corrigido a tempo. Tudo começou com as cartas que Américo Vespúcio escreveu e que foram propagadas pela Europa, tendo em vista, o fato de ele ter abordado o que acabara de ver no novo continente: a suposta libidinosidade das índias e a antropofagia que era característica dos índios, naquela ocasião, fato que não foi tão bem abordado nos documentos de Colombo. Uma destas cartas chegou ao norte da França, mais precisamente na cidade de Saint-Dié. Havia um padre lá chamado Martin Waldeseemüller, que era cartógrafo e que tinha mania de dar nomes às coisas.

Alguns estudiosos, na época, decidiram produzir um mapa do mundo e um tratado sobre as novas terras, pois até então, os mapas só possuiam os territórios da Europa, Ásia e África.

Ao ler a carta de Américo Vespúcio, induzido ao erro, Martin Waldeseemüller achou por bem batizar as novas terras pelo nome do seu suposto “descobridor”, o que eu chamaria de “achador”, pois descobrir o que já foi descoberto, é achar (LINHARES 2003), e sendo assim o fez. Em um primeiro momento pensou em dar o nome de Amerige, isto é, terra de Américo, ou ainda América, tendo em vista, que foram mulheres, princesas míticas, que emprestaram seus nomes à Ásia(oriunda da palavra de raíz semítica esch, significa “lugar onde o Sol Nasce”) e Europa (vem de ereb,termo também semita para “lugar onde o Sol se põe”.)

Ao perceber que tinha cometido um grande erro, quatro anos depois, após ter publicado tal mapa, Waldeseemüller decidiu retirar a palavra América de seus novos mapas. Mas já era tarde demais, pois o nome era tão atraente, que o mundo inteiro já pronunciava o nome América.

Injustiças a parte, quem “achou” a América foi Colombo. Américo Vespúcio não assinou a certidão de Nascimento da América, apesar de alguns historiadores afirmarem que ele foi um dos primeiros pilantras que se beneficiaram com a Globalização, e deixo claro que sou totalmente pró globalização.

Mas é preciso esclarecer que, quem batizou o Novo Mundo foram as cartas que ele escreveu em um total de quatro, que ecoaram pela Europa divulgando a nova descoberta. Quem efetivamente, foi responsável por este batismo foi Martin Waldeseemüller que, coincidentemente, era padre.

Aqui no Brasil, o autor Eduardo Bueno publicou no ano de 2003 a obra: NOVO MUNDO: As cartas que batizaram a América. Leitura de fácil entendimento, extremamente didático e com ilustrações sobre os índios na época do descobrimento. Indico a leitura e peço aos colegas que não tirem Xerox, pois a Xerox é prejudicial ao desenvolvimento das pesquisas, não só no Brasil, mas no mundo. Se nós da academia científica não lutarmos contra a pirataria de livros, daqui a alguns anos esse tipo de pesquisa poderá estar comprometida. Indico a leitura deste livro, pois é muito agradável a sua abordagem.

Fonte: Julia Andrea
Resenhas – Novo Mundo
www.skoob.com.br/livro/resenhas/26138/mais-gostaram

Anúncios

4 respostas em “NOVO MUNDO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s