CORPUS CHRISTI

ccorpus12.jpg

O governo brasileiro extinguiu a proibição do trabalho em grande parte dos dias considerados santos pelos católicos. Entretanto, um dos feriados religiosos que ainda permanecem de pé é o dia em que se comemora a festa de Corpus Christi (expressão latina que significa “Corpo de Cristo”).

A festa é celebrada anualmente, mas não tem um dia fixo, ou seja, sua data é móvel e deve sempre ocorrer numa quinta-feira após o domingo da Santíssima Trindade. Neste ano, é comemorada hoje, 19 de junho.

Sua origem está ligada a um milagre acontecido na Idade Média. O sacerdote Pedro de Praga fazia peregrinação indo à Roma. Nessa viagem, parou para pernoitar na vila Bolsena, não longe de Roma e se hospedou na Igreja de Santa Catarina.. Na manhã seguinte, foi celebrar uma missa e pediu ao Senhor que tirasse as dúvidas que ele tinha em acreditar que Jesus estava presente na Eucaristia. Era difícil para ele acreditar que no pão e no vinho, estava o corpo de Cristo. Na hora em que ergueu a hóstia, esta começou a sangrar (sangue vivo). Ele assustado, embrulhou a hóstia e voltou à sacristia e avisou o que estava acontecendo. O sangue escorria, sujando, sujando todo o chão no qual apareciam vários pingos. Isso foi informado ao Papa Urbano IV, que estava em Orvieto, que mandou um bispo a essa vila verificar a veracidade de tal fato. O bispo viu que a hóstia sangrava e o chão, o altar e o corporal (toalha branca do altar) estavam todos manchados de sangue. O bispo pegou as provas do milagre e voltou para mostrar ao Papa. O Papa, entretanto, sentia algo estranho e resolveu ir ao encontro do bispo. As carruagens se encontraram na Ponta do Sol e o Papa desceu de sua carruagem e ao ver todas as provas do milagre, ajoelhou-se no chão e se dobrou sobre aquela hóstia sangrando e exclamou: “Corpus Christi (Corpo de Cristo)!”

Na solenidade de Corpus Christi, além da dimensão litúrgica, está presente o dado afetivo da devoção eucarística, o costume geral de fazer a procissão pelas ruas da cidade. O Povo de Deus encontra nesta data a possibilidade de manisfestar seus sentimentos diante do Cristo que caminha no meio do Povo.

É bom lembrar que nosso amor pela Eucaristia não se comprova na hora das procissões: comprova-se na hora do banquete. Pois é assumindo o Cristo que nos comprometemos a extinguir nossos instintos de violência e nossa sede de vingança, nossa agressividade e nossa inimizade, nosso ódio e nosso egoísmo.

A procissão lembra a caminhada do povo de Deus, que é peregrino, em busca da Terra Prometida. No Antigo Testamento esse povo foi alimentado com maná, no deserto. Hoje, ele é alimentado com o próprio corpo de Cristo.

Fonte: Portal São Francisco

 

 

Anúncios

6 respostas em “CORPUS CHRISTI

  1. Je mně velice líto, jak málo lidí dnes ví, že takový svátek je, a že by ho slavili, je vzácné. Mám ten svátek v srdci od dětství až k dnešku. Objímám a přeji pěkný víkend. Anna

    • Eu também, Ana, tenho no coração a doce lembrança da celebração desse feriado. Despertar para a importância desse sacramento tem sido um dos grandes desafios da Igreja. Parece que a certeza não mora mais no coração do homem moderno. Obrigada pelo bonito video. Bom fim de semana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s