DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

W. E.L

Podemos considerar o meio ambiente como nosso país, nossa ciadade, nosso bairro. É onde moramos (planeta Terra).

É a soma de tudo o que é matéria e energia de um lugar.

Frequentemente, as interferências são causadas muitas vezes pelo ser humeno e, por vezes são irreversíveis. Todfos os seres vivos dependem uns dos outros e dos recursos naturais que o planeta proporciona. Água, ar e solo são elementos essenciais para a manutanção da vida na Terra.

A água é indispensável para o surgimento da vida no planeta e é fundamental para a sobrevivência de todos os seres vivos. Ocupa três quartos da superfície terrestre, sendo que a maior parte é salgada, encontrada nos mares e oceanos. Apenas 1 % da água do planeta é considerada aproveitável para o consumo da grande maioria dos seres vivos. Por isso, há uma preocupação muito grande com a poluição e o desperdício da água.

O ar puro não tem cheiro, gosto ou cor e também não tem forma. Mas, mesmo assim, sabemos que ele é essencial para a respiração de todos os seres vivos.

Podemos perceber a presença do ar ao nosso redor de várias maneiras, seja pelo movimento do ar (vento), seja pela respiração dos peixes debaixo da água. O ar é uma mistura de vários gases, entre eles o oxigênio. É tão importante que sua ausência provoca a morte.

O solo é a camada mais superficial da crosta terrestre e é formado ao longo de muitos anos pela interação entre as rochas, a água, a atmosfera e os seres vivos. É nele que as plantas se fixam e crescem, que os animais se locomovem e é dele que todos os seres vivos retiram materiais necessários à vida.

Image: Wikipédia, a enciclopédia livre

Fonte: http://www.ftd.com.br

Anúncios

DIA MUNDIAL DA TERRA

11068520-main-tenant-la-terre-sauvant-concept-de-la-terre-globe-terrestre-fourni-par-la-nasa
Uma situação alarmante

Especialistas afirmam para nós: o nosso bem-estar está seriamente ameaçado dentro de 40 anos, se não agirmos com urgência. Já mudanças irreversíveis no nosso ecossistema foram causadas pela atividade humana. Entre as medidas essenciais, deve-se ter por objectivo reduzir para metade as emissões de gases com efeito de estufa até 2050 em comparação com 1990 para limitar o aumento da temperatura de 2 ° C.
Fonte: Le MagFemmes
Tradução

Os desafios do nosso planeta

A capacidade do homem de modificar a natureza fez com que a Terra, hoje, se tornasse muito diferente do que seria sem a presença da nossa civilização.
As alterações que o homem faz à cultura e à natureza, embora busquem melhorar a vida no planeta, muitas vezes lhe são prejudiciais. A destruição das florestas, a poluição do ar e das águas, o problema do lixo e do esgotamento sanitário lançados nos rios, a caça predatória são exemplos de ameaças ao equilíbrio da Terra.

Respeite o planeta

Não compre produtos em embalagens de aerossol, como cosméticos e inseticidas. Essas embalagens normalmente contêm Clorofluorcarbonos (CFCs), que são os gases responsáveis pela formação do buraco na camada de ozônio.
Abra a torneira somente quando for usar a água. Por exemplo, enquanto escova os dentes, pode deixá-la fechada, abrindo novamente só na hora de enxaguar a boca. Faça o mesmo enquanto estiver ensaboando as mãos, caso contrário, estarão desperdiçando cerca de 7 litros de água. Enquanto faz a barba com a torneira aberta, um homem chega a desperdiçar cerca de 65 litros de água.
Devemos reciclar o lixo e evitar o desperdício. A reciclagem diminui o lixo e faz surgir novas invenções.
O meio ambiente não nos pede nada, pelo contrário, nos dá tudo. Cuidar dele, sem se preocupar em receber algo em troca, é uma necessidade vital.
O dia, marcado em 22 de abril, é observada em todo o mundo com comícios, conferências, atividades ao ar livre e projetos de serviços.
Desde os anos 70, o Ibama coordena as festividades do dia do Planeta Terra no dia 22 de abril, coincidindo com as comemorações do descobrimento do Brasil.
Fonte: es.wikipedia.org/Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística/Green Peace

HERÓI DA INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA

Considerado o primeiro grande mártir, ele nasceu em uma fazenda em Pombal, distrito de São João del Rey, região de mineração de Minas Gerais em 1746 e foi executado em 21 de Abril, 1792, no Rio de Janeiro.

Aos 21 de abril de 1792, Tiradentes foi enforcado no Rio de Janeiro, sob a acusação de alta traição. Seu corpo foi esquartejado e espalhado por pontos estratégicos da cidade, para coibir futuros opositores.

Pelo seu martírio em prol dos ideais de liberdade da pátria e do indivíduo, Tiradentes foi nomeado Patrono Cívico da Nação Brasileira, e a data de sua execução foi instituída como feriado nacional.

Fonte: Paulinas Online

« Nenhum dos inconfidentes deu um passo. Só Tiradentes agiu, só. Tiradentes teve o desvairado sonho de separar o Brasil da Coroa. E o admirável é que não acusou ninguém. »
( Viriato Correia )

« Dez vida daria se as tivesse, para salvar as deles. »
( Tiradentes )

DIA DA MULHER

C.M.3

” A mulher é    um símbolo s agrado, a imagem da perfeição que cria a vida e se preciso for também a doa. Como mãe semeia a esperança que ilumina o caminho dos filhos. Na imagem de esposa é a perseverança, a base da família onde seu amor se irradia, sua força inebria e antes de mulher seu título deveria ser de rainha.”

Feliz Dia Internacional da Mulher” (Luis Alves, mensagem para o Dia Internacional da Mulher,)

8 de março é o dia de todas as mulheres: branca, negra, indígena, religiosa, solteira, casada, divorciada …

PARABÉNS, MULHER !

07 DE ABRIL – DIA MUNDIAL DA SAÚDE

1042941jn01ofuoe8

Muitas pessoas consideram-se saudáveis quando estão sem nenhuma doença, porém, a falta de enfermidades não significa saúde. Dizer que uma pessoa está saudável requer a análise de um conjunto de fatores, tais como a qualidade de vida e aspectos mentais e físicos.
Em 1946, a Organização Mundial de Saúde aprovou um conceito que visava ampliar a visão do mundo a respeito do que seria estar saudável. Ficou definido então que “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”.
De acordo com esse conceito, percebemos que saúde não é um estado fácil de ser alcançado, uma vez que nem todas as pessoas conseguem viver sem tristezas, sem preocupações e interagindo com o restante da sociedade de maneira harmoniosa. A saúde deve ser vista como uma forma de total bem-estar, que é conseguido não só através do tratamento de doenças ou sua prevenção, mas sim através de qualidade de vida.
De acordo com a lei 8.080 de 1990, a saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. A lei também enfoca que, para ter saúde, alguns fatores são determinantes, tais como a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais.
Percebe-se, portanto, que todos os fatores, por mais irrelevantes que possam parecer, afetam a vida de um indivíduo e, consequentemente, a sua saúde. O papel do Estado para garantir o bem-estar da população é fundamental, pois é ele o responsável por garantir a qualidade de vida de cada indivíduo.
No dia 07 de abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde, data criada em 1948 pela Assembleia Mundial da Saúde que tem como objetivo conscientizar a população a respeito da qualidade de vida e dos diferentes fatores que afetam a saúde populacional. Essa data foi estabelecida para coincidir com a data de fundação da Organização Mundial da Saúde.
Todos os anos campanhas são realizadas a respeito de um tema diretamente relacionado com a saúde. Essas ações são importantes para que a população aprenda a se cuidar e informe-se sobre seus direitos quando o assunto é promoção da saúde.
É fundamental que, além de cuidarmos da nossa saúde, participemos da luta por melhorias em nosso país. Vale destacar que não devemos procurar melhorias apenas em hospitais, devemos lutar por mais segurança, educação, lazer, cultura, entre vários outros direitos básicos e fundamentais para o nosso completo bem-estar.
Por Ma. Vanessa dos Santos
Imagem: Portal das Fadas

DIA INTERNACIONAL DA FELICIDADE

Felicidade

 

A Assembléia Geral das Nações Unidas proclamou hoje, 20 de março, Dia Internacional da Felicidade. Numa resolução adoptada por consenso, a Assembléia sublinha que “a busca da felicidade é um objetivo fundamental do ser humano”. A resolução pede aos países membros 193 para comemorar este dia “de forma apropriada, incluindo atividades educacionais”. ( Le Figaro ) ( Tradução )

“Este primeiro Dia Internacional da Felicidade nos oferece a ocasião de fortalecer nosso compromisso a promover o desenvolvimento humano sustentável e inclusivo e para renovar nosso compromisso de ajudar os outros. Quando contribuimos para o bem comum, enriquecemos nós mesmos. Compaixão traz felicidade, e vai nos ajudar a moldar o futuro que queremos”, disse Ban Ki Moon, secretário-geral das Nações Unidas. ( Courant Positif ) ( Tradução )

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, recomendou, por sua vez, a canção de Steve Wonder, Signed, Sealed, Delivred I’m Yours. Para Ban Ki-moon, o Dia Internacional da Felicidade serve para para “usar a língua universal que é a música para mostrar solidariedade para com pessoas de todo o mundo que sofrem com pobreza, abuso de direitos humanos, crises humanitárias e os efeitos da degradação ambiental”. ( DN ARTES )

https://www.youtube.com/watch?v=RS2nfeN4DEw#t=48

21/02 DIA INTERNACIONAL DA LÍNGUA MATERNA

felicidade.jpg
Falar é uma das faculdades mais importantes do ser humano, pois o diferencia dos animais irracionais. Não se sabe com certeza quantas diferentes línguas há no mundo, porém, sem dúvida, são mais de quatro mil. Na África, por exemplo, são faladas 1.300 línguas, entre 560 milhões de pessoas; na Europa, falam-se mais de trinta.

A língua é um sistema gramatical pertencente a um grupo de indivíduos que permite expressar a consciência dessa coletividade; a linguagem é o sistema de sinais que serve de meio de comunicação entre as pessoas. A língua materna, portanto, expressa a cultura, a alma de um povo.

A língua portuguesa espalhou-se pelo mundo todo como resultado das conquistas territoriais efetuadas pelos navegadores portugueses. Nos séculos XV e XVI, Portugal possuía colônias na África, em ilhas da China e na América do Sul, ou seja, em terras brasileiras. Com a expansão marítima de Portugal, único país de língua portuguesa da Europa, o português tornou-se a língua oficial de suas novas possessões e passou a ser ensinado nas escolas e falado nos lares, sobretudo no Brasil. Nas outras colônias as populações continuaram utilizando dialetos bem diferentes.

O português ocupa a 8ª posição entre as dez línguas mais faladas do mundo, calcula-se que seja falado por cerca de 230 milhões de pessoas.

É fato comprovado que uma língua se nutre de outras, pois as palavras que atravessam fronteiras provêm, em geral, de uma cultura dominante. A riqueza do português falado no Brasil se deve ao fato de ter incorporado vários termos estrangeiros e de ter recebido a influência de outros idiomas. O Nordeste sofreu a invasão dos holandeses e dos franceses e incorporou expressões desses povos. As regiões do Sul e Sudeste acolheram imigrantes italianos e alemães, e isso se reflete no modo sulista de falar. Há ainda a influência de línguas indígenas e africanas.

Um idioma desaparece quando a sociedade que o fala se extingue. Foi o que aconteceu com o idioma de certas tribos indígenas brasileiras. O latim é um caso diferente. Atualmente, nenhuma sociedade se expressa em latim, que, apesar disso, continua sendo usado, de certa maneira, pelos povos que falam as chamadas “línguas latinas ou românticas”: português, espanhol, francês, italiano, romeno etc. As línguas estão em constantes transformações que espelham a evolução da história, haja vista o português do século XVI, que era diferente do atual; o do futuro também será diferente.

Alguns países têm se esforçdo para manter o purismo de seu idioma. A França tem resistido aos estrangeirismos e conseguiu substituir com sucesso alguns termos técnicos na área da informática.. O Brasil – único país de língua portuguesa no continente americano -, para proteger sua língua da influência estrangeira, teria de se unificar com os outros países de idioma português. Isso é quase impossível, pois, mesmo dentro do território brasileiro, não só a língua falada como também a escrita são diferenciadas pelos regionalismos.

Fonte: Portal Paulinas
Imagem: Site da UNESCO