Natal Sem Jesus

Imagine a sua festa de aniversário.

Imaginou? Agora imagine que, durante

toda a comemoração, todo mundo só

fala em outra pessoa, menos em você.

Pois é. Comemorar o Natal sem Jesus,

é mais ou menos assim.

Lídia Vasconcelos


Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,

tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila
e espera desde sempre.

Carlos Drummond de Andrade

 

Quem dera

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim. Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não-fumantes uma fila de pretendentes batendo-lhes à porta.

Martha Medeiros

Barreiras

Você pode morar num barraco, onde for,

Você pode ser jovem, criança ou idoso,

Ser cheio de coragem ou bem medroso,

Ter os pés no chão ou ser um sonhador,

Ser um “deus grego” ou ter a vista torta,

Ser alto ou baixinho… Isso não importa!

Não existem barreiras, quando há amor.

Lídia Vasconcelos

Cartão de Natal

flower-3115353_640_thumb.jpg

Imaginei um cartão de natal
Onde pudesse ler sua alma
Fazer sorrir seu coração…
Uma rosa aveludada
Um bombom de morango
Uma fita de cetim
Uma canção de anjo
Na rosa… Seus desejos
No bombom, um beijo
Na fita, suas esperanças
Na canção… Nossa amizade
Ecoando no horizonte.

(Sirlei L. Passolongo)

 

Ame sempre…

Diz um conto chinês que um jovem foi visitar um sábio conselheiro e lhe falou sobre as dúvidas que tinha a respeito de seus sentimentos por uma bela moça a quem seria obrigado a casar.

O sábio escutou-o, olhou-o nos olhos e disse-lhe apenas uma coisa: Ame-a.
E logo se calou.

Disse o rapaz:
– Mas, ainda tenho dúvidas…

– Ame-a, disse-lhe novamente o sábio.

E, diante do desconcerto do jovem, depois de um breve silêncio, disse-lhe o seguinte:

– Meu filho, amar é uma decisão, não um sentimento. Amar é dedicação. Amar é um verbo e o fruto dessa ação é o amor. O amor é um exercício de jardinagem. Arranque o que faz mal, prepare o terreno, semeie, seja paciente, regue e cuide. Esteja preparado porque haverá pragas, secas ou excessos de chuvas, mas nem por isso abandone o seu jardim. Ame, ou seja, aceite, valorize, respeite, dê afeto, ternura, admire e Compreenda.
Simplesmente: Ame!

A inteligência sem amor, te faz perverso.
A justiça sem amor, te faz implacável.
A diplomacia sem amor, te faz hipócrita.
O êxito sem amor, te faz arrogante.
A riqueza sem amor, te faz avarento.
A docilidade sem amor, te faz servil.
A pobreza sem amor, te faz revoltado.
A beleza sem amor, te faz horrível.
A autoridade sem amor, te faz tirano.
O trabalho sem amor, te faz escravo.
A simplicidade sem amor, te deprecia.
A lei sem amor, te escraviza.
A política sem amor, te faz corrupto.

A vida sem AMOR…não tem sentido.

Imagem: Internet