Mitos da vovó

pngtree-cute-grandmother-old-tea-drinking-tea-old-man-png-image_361018
Imagem: pngtree

Quando éramos crianças, ouvimos muitas vezes algumas histórias contadas por nossas avós e que sempre achamos que fosse verdade.

Eis alguns mitos e verdades da vovó.

Água com açúcar acalma os nervos

O açúcar provoca a liberação de serotonina, o que dá uma sensação de bem-estar, mas isso não age instantaneamente. Prefira um chá calmante como o de camomila ou um suco de maracujá.

Manga com leite faz mal à saúde

Segundo a nutricionista Anita Sachs, da Universidade Federal de São Paulo  (Unifesp), isso vem da época do Brasil colonial, quando o leite era um produto mais raro e caro. Para que os escravos não consumissem o líquido tão precioso, os ricos da época, muitos deles donos de engenhos, espalharam o boato e, assim restavam somente as mangas para serem comidas, já que elas estavam disponíveis facilmente nas muitas mangueiras da época.

Soprar o machucado alivia a dor

Na melhor das intenções vovó soprava o machucado da netinha ou do netinho porque seria uma forma de aliviar a dor depois daquele tombo no parquinho. Carinho é sempre gostoso, claro, mas além de não funcionar para aliviar a dor, o sopro ainda vai jogar bactérias da boca para dentro do ferimento, aumentando o risco de uma infecção.

Se engolir chiclete, ele gruda no estômago

Um dos ingredientes do chiclete é uma base de goma usada também na fabricação de pneus. É justamente esse ingrediente que o organismo tem mais dificuldade de processar e, depois, eliminar. Mas isso não significa que ele ficará anos grudado no seu estômago ou até no coração (!) como dizem algumas lendas. Uma hora ele encontrará o caminho de saída. Mas se podemos evitar, pra que engolir o chiclete, né? Melhor mesmo é jogar fora quando não quiser mais mascar.

Bolo quente dá dor de barriga

Outra história sem pé nem cabeça, dizem os médicos. Ora, quando a comida passa pelo esôfago, o corpo já se adapta à sua temperatura. O restante do aparelho digestivo não nota se um alimento está quente ou frio. O que pode causar algum mal-estar é a quantidade ingerida ou algum ingrediente.

Plantas no quarto acabam com o oxigênio à noite

Os mais velhos costumam dizer que plantas “roubam” o oxigênio de noite e quem estiver no quarto pode acabar sufocado. À revista “Superinteressante”, o botânico Gilberto Kerbauy, professor da USP, deu a sentença definitiva sobre o assunto: “Se fosse verdade, não haveria um índio na Amazônia”. As plantas usam oxigênio de noite, mas a quantidade é pequena, menor do que a usada por aquele cachorro ou gato que também dorme no quarto de tanta gente.

E as verdades?

Não vamos ser tão severos com nossas vovós. Eis dois exemplos clássicos de frases certeiras que elas gostam de repetir :

Não estoure essa bolha

O certo é deixar o bolsão de água sumir naturalmente. Se você fizer questão de furá-lo, lembre-se de usar uma agulha esterilizada para não provocar uma infecção no local.

A mulher para de crescer depois que menstrua

Quando a menina menstrua, os homônios sexuais já estão circulando pelo seu organismo. Com essas substâncias trabalhando, o ritmo do desenvolvimento corporal diminui. A garota deve ainda subir, no máximo, 5 centímetros.

Fonte: SAÚDE : Por André Biemath
INCRÍVEL

 

 

SIMBOLISMO DAS CORES

As cores podem ter influência psicológica sobre o ser humano: algumas estimulam, outras tranquilizam, pois são captadas pela visão e transmitidas para o cérebro e consequentemente refletem impulsos e reações para o corpo.

rose-3557859_640.jpg
Imagem: Pixabay

O vermelho ativa e estimula, significa elegância, paixão, conquista, requinte e liderança.

grapes-1281423_640.jpg
Imagem: Pixabay

O verde simboliza esperança, perseverança, calma, vigor e juventude.

color-3212197__340.jpg
Imagem: Pixabay

O laranja, além de significar movimento, espontaneidade, tolerância, gentileza, é uma cor estimulante

1656e3fa305853d.jpg
Imagem: pngtree

A cor azul produz segurança, compreensão. Propicia saúde emocional e simboliza lealdade, confiança e tranquilidade.

fantasy-3338008_640.jpg
Imagem: Pixabay

O rosa significa romance, sensualidade, beleza.

bananas-311788__340.png
Imagem : Pixabay

A cor amarela desperta, traz leveza, descontração, otimismo. Simboliza criatividade, juventude e alegria.

crocus-2093222_640.jpg
Imagem: Pixabay

A cor violeta significa sinceridade, dignidade, prosperidade, respeito.

coffee-2541558_640.jpg
Imagem: Pixabay

O marrom associa-se à estabilidade, constância, significa responsabilidade e maturidade.

cat-165068_640.jpg
Imagem: Pixabay

O cinza promove equlíbrio e estabilidade.

flower-3063958_640.jpg
Imagem: Pixabay

O branco remete a paz, sinceridade, pureza, verdade, inocência, calma.

mosquito-450394_640
Imagem: Pixabay

O preto permite a autoanálise, a introspecção, pode significar também dignidade, está associado ao mistério.

Fonte: Mundo Educação

 

O SIMBOLISMO DA ROSA

 

Rosa-Branca

A Rosa é uma das flores mais amadas do planeta, carregada de glamour, romantismo e simbolismo, encontramos esta bela bela flor destacada com grande importância em diversas religiões, filosofias, brasões, emblemas, sociedades e culturas. Na cultura Hindu, a bela deusa Lakshmi, a deusa do amor, nasceu de uma rosa. No Cristianismo, a rosa representa a virgem Maria, mãe de Jesus. Os primeiros rosários eram feitos com pétalas de rosa em homenagem a pureza da virgem Maria.

439

Segundo historiadores, o hábito de levar rosas para serem depositadas sobre o túmulo de entes queridos, nasceu na Antiguidade e baseou-se também numa história da mitologia grega. Na Grécia Antiga, a rosa era o símbolo da Deusa Afrodite, a deusa do amor. Afrodite era apaixonada por Adônis, no entanto, o deus Ares, deus da guerra e amante de Afrodite, ao saber da traição, decidiu matar Adônis enviando um javali para matá-lo. Afrodite vendo Adônis ferido mortalmente, correu em seu socorro, porém feriu-se num espinho e com seu sangue todas as rosas brancas imediatamente se tingiram de vermelho. Como o próprio nome diz isso é um “mito”, porém sabe-se que há mais de 13 mil anos, de acordo com uma investigação por uma equipe de arqueólogos da Universidade de Haifa, em Israel, os seres humanos adornavam os túmulos com flores.
Para além da ligação com os mortos e histórias mitológicas de amores trágicos, a rosa encontra-se presente em brasões, em emblemas, e também na filatelia onde marcou diversos momentos históricos e destacou grandes personagens e pessoas públicas que contribuíram de alguma forma para a história da humanidade.

Durante os séculos XVI e XVII, a rosa apresenta-se também inserida no simbolismo do Bouquet de Noivas, como forma de “espantar” ou “disfarçar” algum mal odor exalados de algumas partes do corpo, já que naquela época os hábitos de higiene pessoal não eram frequentes.

Gandi disse que o perfume da rosa era o seu sermão, traduzindo numa metáfora, a sua crença onde o ser humano deveria cultivar as virtudes e os preceitos morais sublimes, assim como era uma rosa.

Como viram, a rosa está envolvida em muitos episódios marcantes da história do mundo considerando-se como a flor mais exaltada e adorada há milênios, e como tal deve permanecer; por isso num momento especial ofereça rosas, o presente perfeito!

Fonte: Blog das Flores