TERRORISMO EM QUÉBEC

Terrorismo no Centro Cultural Islâmico de Québec (29/01/2017). Seis mortos e cinco feridos em estado grave. Segundo o Dr Julien Clément, chefe do departamento de traumatologia do CHU ( Hospital Universitário em Québec ), os pacientes apresentam uma evolução favorável. Um dos cinco em estado grave já obteve auta do hospital. Entretanto, deux necessitam sempre de cuidados importantes. Trata-se de dois homens de trinta anos de idade ou no começo dos quarenta que foram atingidos por balas no abdomen e nos membros sofrendo fraturas importantes. O prognóstico, no entanto é bom, segundo Dr Clément. O que resta a determinar são as consequências a longo prazo.
Alexandre Bissonette, rapaz de 27 anos e principal suspeito do ataque terrorista, está enfrentando onze acusações, incluindo seis de morte premeditada e também acusado de tentar causar a morte utilizando uma arma de fogo com autorização restrita.
No dia seguinte ao ataque em Québec, os habitantes da cidade se reuniram à noite, para defender a paz e a tolerância. Outras vigílias foram realizadas em várias cidades canadenses como Montreal e Toronto. Milhares de quebequenses reunidos com uma vela, um cartaz ou um bouquê de flores na mão, todos chamando para a paz na esperança de que o Canadá não ceda à febre xenófoba.

Fonte: MSN Actualités ( Tradução )

1341102-plusieurs-citoyens-pris-parole-remercie

Anúncios

TRAGÉDIA NO BRASIL

F179AFA13D984D6CFBAD72AE449C3E_h498_w598_m2

Fonte: MSN Actualités

Pessoas reunidas fora da Boite à espera de seus entes queridos.

Um incêndio numa lotada boite brasileira de Santa Maria no Rio Grande do Sul, fez pelo menos 232 mortos e 131 feridos na noite de sábado para domingo, especialmente jovens.

As autoridades ainda estão tentando contar as vítimas, depois de terem consiguido controlar o incêndio. A maioria das vítimas morreu asfixiada.

Foi horrível. Perdi um amigo muito próximo. As portas de socorro eram insuficientes; houve pânico, perdi de vista meu amigo na confusão”, declarou à TV Band um jovem dentista que sobreviveu ao desastre.

De acordo com as testemunhas, o fogo começou por volta das 02h00 (0400 GMT) na boite Beijo, no centro de Santa Maria, uma cidade universitária ao extremo sul do país.Ele só foi controlado cerca  de 7h00 local.

Uma banda que estava se apresentando no palco foi a origem do desastre. Um dos cantores acendeu um fogo de Bengala que incendiou o teto. Faíscas atingiram o isolamento acústico do teto e as chamas rapidamente se espalharam no estabelecimento, que muitas vezes serve para festas de universitários, segundo testemunho.O fogo se espalhou no resto do prédio, causando pânico e correria em uma multidão estimada em cerca de 2000 pessoas.

C59EA8EDC483D455A832256CDDC4D_h498_w598_m2

O presidente do Brasil, Dilma Rousseff cancelou uma viagem ao Chile, onde devia participar à uma reunião América latina/União européia para  chegar ao local da catástrofe.

Eu quero dizer ao povo de Santa Maria que neste momento de tristeza, estamos com ele”, disse à mídia, reprimindo as lágrimas.