200px-Cora_Coralina

Assim eu Vejo a Vida

A vida tem duas faces:
Positiva e negativa
O passado foi duro
mas deixou o seu legado
Saber viver é a grande sabedoria
Que eu possa dignificar
Minha condição de mulher
Aceitar suas limitações
E me fazer pedra de segurança
dos valores que vão desmoronando.
Nasci em tempos rudes
Aceitei contradições
lutas e pedras
como lições de vida
e delas me sirvo.
Aprendi a viver.

    Cora Coralina

Por que os brasileiros comem arroz com feijão?

Arroz com feijão é aquela dupla que a maioria dos brasileiros não dispensa na alimentação do dia a dia. Essa combinação é perfeita porque muitos nutrientes que faltam em um estão em outro: eles são ricos em vitaminas do complexo B, ferro e cálcio e, claro, são os acompanhamentos perfeitos para a maioria das receitas.

Mas você sabe de onde surgiu o hábito de consumir essa dupla de ingredientes no Brasil?

Reza a lenda que a tradição de consumir arroz com feijão iniciou-se no século XVIII. De acordo com o livro Histórias, Lendas e Curiosidades sobre a Gastronomia, de Roberta Malta Saldanha, a dupla ficou mais conhecida porque o arroz foi incluído na alimentação dos soldados por determinação do rei. D. João VI. O feijão, na época, era dado como alimento aos escravos.
De acordo com historiadores, o Brasil foi o primeiro a cultivar o arroz nas Américas: o alimento era o “milho d’água” que os tupis já colhiam próximo ao litoral; o feijão passou a fazer parte da alimentação no país também pelos índios e, mais tarde, pelos escravos.

Fonte: Blog do TudoGostoso


Amor da minha vida

Ele tem 85 anos e ainda insiste em ficar de mãos dadas com a mulher aonde quer que vá.

Quando perguntei, por que sua esposa estava tão distraída, como se ela não estivesse seguindo ninguém? Ele respondeu: Ela tem doença de Alzheimer.

Então eu disse: Sua esposa se preocuparia se você a deixasse ir? Ele respondeu: Ela não se lembra mais de nada … Ela não sabe mais quem eu sou, ela não me reconhece há anos.

Surpreso, eu disse a ele e você ainda continua a guiá-la todos os dias mesmo se ela não o reconhece mais?

O velho sorriu, me olhou nos olhos e disse :

Ela não sabe quem eu sou, mas eu sei quem ela é.

ELA É O AMOR DA MINHA VIDA !

Autor desconhecido
Tradução

Amor Sempre Amor

Dia dos Namorados no Brasil !

No Dia dos Namorados pensamos naqueles que fazem as nossas vidas preciosas. O Dia dos Namorados marca a beleza do amor. É hora dos apaixnados se reunirem para celebrar o que têm de mais caro : amor recíproco. Está na hora de seduzir o seu querido parceiro. Segundo Jean Cocteau,o verbo «amar» é o mais complicado da língua. O seu passado nunca é simples, o seu presente é apenas imperfeito e o seu futuro sempre condicional. Mas que alegria conjugar a sua vida com a pessoa que a gente ama!
Feliz Dia dos Namorados a todos os apaixonados!
Imagem: Pixabay

 

Feliz Páscoa!

Cartão-Feliz-Pascoa
Greetings Image

A Páscoa se aproxima. E se a gente procurasse viver a Páscoa e não somente celebrá-la?

Viver a Páscoa é… É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento,
É dizer sim ao amor e à vida
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vence a morte.
(Desconhecido)

Há esperança na Páscoa, a esperança de que nada é impossível. Desejo a todos felizes celebrações nesta ocasião festiva. Que milhares de alegrias penetrem em seu coração desde os primeiros momentos desse dia maravilhoso e continuem ao longo do ano. Feliz Páscoa a todos!

 

 

 

 

Casa Arrumada – Carlos Drummond de Andrade

Arrume a casa todos os dias… Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo para viver nela.

Casa arrumada é assim: Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação e uma boa entrada de luz.

Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não centro cirúrgico, um cenário de novela. Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas… Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo: Aqui tem vida…

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar. Casa com vida tem fogão gasto pelo uso, pelo abuso das refeições fartas, que chamam todo mundo pra mesa da cozinha. Sofá sem mancha? Tapete sem fio puxado? Mesa sem marca de copo? Tá na cara que é casa sem festa. E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.

Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde. Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto…

Casa com vida é aquela em que a gente entra e se sente bem-vinda. A que está sempre pronta pros amigos, filhos… Netos, pros vizinhos… E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Arrume a casa todos os dias… Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo para viver nela… E reconhecer nela o seu lugar.

TODO ROSTO É ÚNICO

Hoje, 20 de novembro, é celebrado no Brasil o Dia da Consciência Negra. Fiz a tradução dum poema contra o racismo cujo autor é Tahar Ben Jelloun.

Uma criança negra, com pele negra, olhos negros,
Com cabelos crespos ou encaracolados, é uma criança.
Uma criança branca, com pele rosa,
Olhos azuis ou verdes
Com cabelo loiro ou liso, é uma criança.
Um e o outro, negro e branco,
Têm o mesmo sorriso quando uma mão acaricia seu rosto.
Quando olhamos para eles com amor e conversamos com eles com ternura.
Eles derramarão as mesmas lágrimas se estiverem chateados se estiverem feridos.
Não há dois rostos absolutamente idênticos.
Cada rosto é um milagre porque é único.
Dois rostos podem ser parecidos,
Eles nunca serão exatamente os mesmos.
Viver junto é uma aventura em que o amor,
A amizade é um belo encontro com o que não sou eu,
Com o que sempre é diferente de mim e que me enriquece.

MIGRAÇÃO

Desde alguns meses, o Canadá acolhe à sua fronteira um número cada vez mais importante de requerentes de asilo que provêm dos Estados Unidos e  80% entre eles de origem haitiana. Estes migrantes chegam por via terrestre pensando obter, muito facilmente, um estatuto de residente permanente. Mas, o procedimento não é tão simples. Diante desta enorme afluência, o governo canadense instaurou uma comunicação que visa informar, inicialmente, os candidatos sobre o processo de imigração.

Os requerentes de asilo haitianos vêm da América do Sul, empurrados por uma conjuntura econômica difícil, ou diretamente de Haiti (transitando pela Flórida), fujindo da pobreza do seu país, mas – mais surpreendente – chegam também dos Estados Unidos, incitados pelo temor a serem expulsos sem mais formalidades pela administração Trump, nos próximos meses.

Quebec, e mais particularmente Montreal, já oferece abrigo a uma das mais importantes comunidades haitianas do mundo. Na cidade, os novos migrantes podem, evidentemente, contar com a solidariedade desta comunidade. O cálculo é, portanto, feito rapidamente para os candidatos no início.

“É verdade que o Canadá é um país acolhedor, mas temos um sistema de imigração estrito. Os requerentes de asilo devem, nomeadamente, provar que correm um grande risco se voltassem para seu país de origem, a fim de  serem reconhecidos como refugiados. O fato de atravessar a fronteira, ilegalmente, não lhes dá nenhuma vantagem no Canadá, não é uma injustiça. Podem ser devolvidos ao seu país de origem. As pessoas precisam saber tudo isso “, diz Emmanuel Dubourg.

Le Courrier
Journal des Francophones de Floride
( Tradução )