Feliz Páscoa!

Cartão-Feliz-Pascoa
Greetings Image

A Páscoa se aproxima. E se a gente procurasse viver a Páscoa e não somente celebrá-la?

Viver a Páscoa é… É ser capaz de mudar,
É partilhar a vida na esperança,
É lutar para vencer toda sorte de sofrimento,
É dizer sim ao amor e à vida
É investir na fraternidade,
É lutar por um mundo melhor,
É ajudar mais gente a ser gente,
É viver em constante libertação,
É crer na vida que vence a morte.
(Desconhecido)

Há esperança na Páscoa, a esperança de que nada é impossível. Desejo a todos felizes celebrações nesta ocasião festiva. Que milhares de alegrias penetrem em seu coração desde os primeiros momentos desse dia maravilhoso e continuem ao longo do ano. Feliz Páscoa a todos!

 

 

 

 

O sabor de um beijo – Mírian Warttusch

Quando os nossos olhos se fecham ao sabor de um beijo,
É para que alma possa ver, se inebriar com o desejo
Sentir então é mais que ver… e o toque se sublima
Lábios nos lábios, para vivenciarmos deste amor o clima.

Entrega apaixonante que os olhos não precisam ver
O beijo então, nessa obscuridade, passa a ser,
A exatidão da forma abstrata que concebe o olhar,
Que sem nem mesmo ver, nos mostra o modo de sonhar…

Beijar é ter na boca todo o gosto da perplexidade,
Que os olhos não precisam ver, pois sabem ser verdade,
Bocas unidas se sentem no êxtase desse carinho,

Tudo fica em segredo, mas eu sei, eu já adivinho,
Que aquilo que os olhos não vêem, tanta emoção,
Tudo vislumbrará, deliciado o nosso coração.

Lenda de São José de Ribamar

Conta a lenda que um navio que vinha de Lisboa para São Luís desviou-se de sua rota e em plena Baía de São José, esteve ameaçado de naufrágio por uma grande tempestade. O capitão invocou a proteção de São José, prometendo erguer uma capela no povoado que avistava ao longe. Tal foi a força das súplicas, que imediatamente o mar se acalmou e todos chegaram a terra a salvos. Para cumprir a promessa, o capitão trouxe de Lisboa uma imagem de São José e colocou na modesta igrejinha do povoado, erguida de frente para o mar. Este povoado se tornaria São José de Ribamar.

igreja-sao-jose-portal-do-maranhao

A lenda ainda conta que muito próximo dali havia uma antiga aldeia chamada Anindiba dos Indígenas, atualmente município de Paço do Lumiar. Os moradores daquele lugar acharam que a imagem deveria ser removida da igrejinha e levada para Anindiba e ao cair da noite, sem que ninguém percebesse, eles transportaram a imagem de lá. Ao amanhecer a imagem não se encontrava mais em Anindiba, pois, misteriosamente, ela voltou à igrejinha de origem. E os moradores tornaram a repetir a transferência e colocaram pessoas a vigiar o santo. São José, entretanto, transformando seu cajado em luzeiro, desceu da Igreja de Anindiba e, protegido por anjos e santos, voltou a Ribamar. E o caminho por onde ele ia passando encheu-se de suaves rastros de luz. Só assim os moradores de Anindiba compreenderam que o santo queria permanecer em sua igrejinha, de frente para o mar. Tempos depois, quando da construção de uma nova igreja, resolveram fazê-la de frente para a entrada da cidade – mas as paredes da igreja várias vezes ruíram, até que os fiéis compreenderam que a igreja de São José de Ribamar deveria permanecer de frente para o mar, como encontra-se até hoje.

Fonte : Radio Educadora
Foto: Igreja de São José de Ribamar.
Portal do Maranhão

Amar é viver

adults-close-couple-1635536

Preciso entender
Que amar não é sonho
Não é sofrer
É chama de alegria
Amar é viver

Amar é cheiro
É aconchego
Não faz ferida
Amar é paz
o tempo inteiro

Preciso entender
Que amar
não tem tempo
Amar não tem hora
Amar é sempre
Amar é o agora

Amar é ser feliz…

Sirlei Passolongo

Dia Internacional da Mulher

Amanhã, 8 de Março, é o Dia Internacional da Mulher
Parabéns para todas as mulheres que trazem cor e doçura para nossas vidas.

Quero sublinhar esse dia com um poema de Sirlei Passolongo e uma citação de Cora Coralina.

silence-femme
silence – Femme jpg

Mulher
Não se cale…
Não se entregue
Não tema
Vencemos tantas batalhas
Mas não podemos nos deixar vencer
Pelo silêncio
( Sirlei Passolongo

Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores.
( Cora Coralina )

 

Crueldade

safe_image.phpAlessandra Strutzel é a blogueira que comemorou a morte de uma criança  de 7 anos porque era neto do ex-presidente Lula.

Fiquei chocada em ver a sua satisfação em citar a morte da criança como uma “boa notícia”. Nota-se que ela fez questão de ilustrar a boa notícia com símbolos de felicidade.  Foi grande a reação dos internautas criticando sua atitude e Alessandra apagou a postagem e tentou se justificar.

“Espero que me desculpem. Quero que todos saibam que eu jamais iria comemorar a morte de uma pessoa, muito menos a morte de uma criança. Com a postagem que fiz, eu só queria saber como as pessoas reagiriam, mas agora eu sei que fiz isso de uma forma muito infeliz. Fico contente que a reação tenha sido negativa, porque isso mostra que as pessoas não perderam a sensibilidade. Mas fico triste porque mesmo as pessoas que me conhecem  tenham achado de verdade que eu seria capaz de um mal sentimento”, postou Alessandra.

Ela sabia perfeitamente o que estava fazendo e é inaceitável comemorar a morte ainda mais de uma criança. Essa pessoa não tem coração, é insensível ao sofrimento alheio. Entendo que algumas pessoas não gostem de Lula, mas esse ódio insano pelo ex-presidente não é normal, ao ponto de se gloriar com a morte do neto.